Diz a revista forbes.pt que 50 famílias detêm um património de 50 mil milhões de euros, sem contar o imobiliário e outros bens pessoais. Portanto, à vontade, um quarto do PIB nacional.
Metade da população vive na pobreza ou à beira dela. À escala mundial, igual ou pior.
Enquanto isto, o PS reivindica o que fez estes anos: menos salário, menos SNS, menos ensino, mais casos e mais casinhos. O Bloco de Esquerda quer “mais geringonça”, adere à NATO e perde-se em causas e causinhas. E o PCP esgota o movimento sindical em jornadas e jornadinhas.
Não podemos continuar assim. Para abrir de novo o caminho de Abril, lutar determinadamente pelas reivindicações e pelo socialismo, é tempo de lançar as bases de um verdadeiro partido dos trabalhadores e da juventude, independente do Estado e do patronato. Este é o nosso apelo.

Junta-te!

Lê a Declaração de Princípios para uma Plataforma por um Partido dos Trabalhadores. Baixa o convite clicando na imagem.

Editorial do nº34 d’O Trabalho

1 Fevereiro 2024 0

No dia 10 de Março, poucos serão os eleitores que, se votarem, o farão para apoiar o programa de um dos partidos concorrentes.
Nas páginas centrais, uma série de militantes do movimento operário lança um convite a todos os que não se conformam: juntemo-nos numa plataforma de discussão e intervenção para construir, reconstruir um autêntico Partido dos Trabalhadores.
É o que mais falta faz: um partido que erga bem alto a bandeira do governo dos trabalhadores e do socialismo.

Netanyahu e Biden preparam um banho de sangue em Rafah

15 Fevereiro 2024 0

Netanyahu prepara-se para ordenar o assalto a Rafah. Esta é a cidade mais a sul da Faixa de Gaza, na fronteira com o Egipto, que – de acordo com Israel – controla um ponto de passagem. Antes de 7 de Outubro, Rafah tinha uma população de 160.000 habitantes. Após quatro meses de bombardeamentos e de destruição da cidade de Gaza, de Khan Younis e dos campos de refugiados adjacentes, quase um milhão e meio de palestinianos refugiaram-se ali.

Argentina: As massas obrigam Milei ao primeiro recuo

15 Fevereiro 2024 0

O recém eleito presidente de extrema-direita da Argentina, Javier Milei, sofreu a sua primeira derrota.
Porque no dia 24 de Janeiro, desde os altos planaltos dos Andes, no Norte, até à Patagónia, no Sul, os trabalhadores, juntamente com todas as organizações operárias, populares e democráticas, levantaram-se às centenas de milhares para retirar os dois projectos de lei anti-operários.

Entrevista com o activista palestiniano Naji El Khatib

8 Fevereiro 2024 0

Quatro meses depois do 7 de Outubro de 2023, publicamos a entrevista que nos deu Naji El Khatib, activista palestiniano da Iniciativa por um Estado Democrático Uno. Sem concordar necessariamente com tudo o que ele diz, acreditamos que este ponto de vista merece ser conhecido por todos os trabalhadores, activistas e jovens solidários com o povo palestiniano e a sua luta contra o imperialismo.

Explosão de cólera nos campos do país e de toda a Europa

6 Fevereiro 2024 0

A única salvação dos pequenos camponeses está, por um lado, na ruptura com as políticas da União Europeia, que servem os grandes empresários agrícolas e a grande finança. Por outro, na aliança com os operários e trabalhadores das cidades e do campo, apoiando, por exemplo, as suas reivindicações de aumentos salariais, única verdadeira forma de aumentar o escoamento, os mercados de produtos alimentares.

  • A guerra da Ucrânia

    Envolve a guerra da Ucrânia a habitual névoa de propaganda e desinformação criada pelos beligerantes. Nos países imperialistas, nos grandes e nos anexos, como o nosso, adensa essa névoa uma campanha da comunicação social que é tão unânime como é obtusa. É importante que os militantes que se batem pelo socialismo e pelos interesses dos trabalhadores compreendam o que se joga nesta guerra e quais são os interesses envolvidos. Este artigo propõe‐se contribuir para esse esclarecimento.

  • Em Nome do Ambiente, o Saque do Ambiente

    Em 30/10/2021O o chefe de redacção do “Der Spiegel” anunciava assim uma reportagem sobre “o dilema da luta contra as alterações climáticas”: “Para salvar a Terra, parece que vamos ter de dar cabo de grande parte dela. As tecnologias verdes (…) carecem de quantidades inimagináveis de matérias-primas (…). Para extraí-las, vai ser preciso que que grandes grupos mineiros com operações à escala global transformem regiões gigantescas em paisagens lunares.”


ÚLTIMO

Nº 34 - 1 de Fevereiro de 2024




Contact Form Demo